Conecta Piauí

Notícias

Colunas e Blogs

Outros Canais

Seduc realiza 'Dia D' do programa Alfabetiza Piauí para novas matrículas no EJA

O intuito é efetivar doze mil e quinhentas matrículas para o primeiro quadrimestre do programa
Redação

A Secretaria de Estado da Educação realiza, nesta quinta-feira (11/07), o “Dia D” do programa Alfabetiza Piauí, ação que tem por objetivo mobilizar todas as Gerências Regionais de Educação (GREs) para realização de novas matrículas na modalidade de ensino de Alfabetização de Jovens e Adultos (EJA).

O trabalho de busca ativa ocorre em todos os 224 municípios do estado, das 8h às 13h30, e contará com a ação direta das 21 GREs envolvidas. O intuito é efetivar doze mil e quinhentas matrículas para o primeiro quadrimestre do programa. 

“Vamos mobilizar os gestores das 255 escolas Seduc, com oferta da modalidade EJA, em um trabalho conjunto para impulsionar as matrículas de piauienses com idade igual ou superior a 15 anos que não foram alfabetizados na idade certa, no programa “Alfabetiza Piauí”, explicou o secretário de Educação, Washington Bandeira.

Foto: ReproduçãoSeduc realiza “Dia D” do programa Alfabetiza Seduc. Objetivo é alcançar mais de 12 mil matriculados
Seduc realiza “Dia D” do programa Alfabetiza Seduc. Objetivo é alcançar mais de 12 mil matriculados

Os interessados em aderir ao projeto também podem se dirigir a um dos pontos de matrícula ou a uma unidade da rede estadual de ensino com oferta de EJA, até o dia 15 de julho, portando o documento de identidade, o CPF e o comprovante de residência.

Em Teresina, ações irão ocorrer em quatro pontos espalhados pela cidade:

  • Praça Rio Branco - Centro – Norte (4ª GRE/Teresina)
  • Nova Ceasa - Av. Henry Wall de Carvalho – bairro Parque São João (19ª GRE)
  • Praça João Dantas Neto - R. José Torquato Viana- bairro Campestre (20ªGRE)
  • Praça do Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis: R. Alexandre Gomes Chaves – bairro Itararé (21ª GRE)

O Governo do Estado tem como meta alfabetizar 100 mil piauienses acima dos 15 anos até 2026, fazendo do Piauí o melhor em índices de alfabetização de toda a região nordeste.

Alunos receberão bolsa

O programa oferece uma bolsa de R$ 600,00 (dividida em 3 parcelas de R$ 200,00) para incentivar a participação e a permanência nas aulas. O pagamento ocorrerá em três fases:

  • O primeiro repasse acontecerá após a confirmação da matrícula;
  • O segundo repasse será após três meses de aulas, mediante comprovação de frequência mínima de 75% e participação nos testes;
  • O terceiro repasse será concedido após a certificação do estudante alfabetizado e sua matrícula na etapa seguinte da EJA Seduc, completando o valor de R$ 600,00.

Em sua primeira etapa, o Alfabetiza Piauí oferece aulas presenciais em 510 turmas, com carga horária de 300 horas e duração de até seis meses. A metodologia será focada na alfabetização inicial, de forma interdisciplinar em seus componentes curriculares, priorizando as disciplinas de Língua Portuguesa e noções básicas de Matemática.

Comente