Conecta Piauí

Notícias

Colunas e Blogs

Outros Canais

Aeroporto de Teresina alerta à população para evitar fogueiras próximo ao terminal

O momento é de alegria, mas quem mora nas proximidades do Aeroporto de Teresina deve ficar atento

Um dos períodos mais aguardados do ano é a época das festas juninas com suas comidas típicas, danças e decorações temáticas. O momento é de alegria, mas quem mora nas proximidades do Aeroporto de Teresina (THE) deve ficar atento para que as práticas das comemorações não causem ocorrências para a aviação. As tradicionais fogueiras de São João e os balões juninos podem causar sérios danos à operação e segurança de todos que utilizam o transporte aéreo e também para quem mora na região.

Para que os balões juninos funcionem é necessário o uso de fogo. Com a chama, ele desce queimando e pode atingir a vegetação e causar incêndios. Além disso, o artefato pode colidir com um avião, colocando em risco a vida de todos a bordo e da região. Segundo o Departamento de Controle do Espaço Aéreo – DECEA, um balão de apenas 15 quilos pode gerar um impacto de mais de três toneladas ao atingir uma aeronave que esteja voando a 300km/h.

Foto: ReproduçãoAeroporto de Teresina alerta à população para evitar fogueiras e balões próximo ao terminal
Aeroporto de Teresina alerta à população para evitar fogueiras e balões próximo ao terminal

Já as famosas fogueiras usadas para celebrar as datas festivas de São João também devem ser acendidas com segurança, principalmente, próximo aos aeroportos. O vento pode espalhar as chamas e potencializar incêndios. A fumaça gerada pelo fogo também dificulta a visibilidade dos pilotos, dificultando as operações de pousos e decolagens, gerando situações emergenciais.

Por isso, a CCR Aeroportos, administradora do terminal teresinense, faz o alerta. “Nesses períodos de festas juninas é comum as pessoas acenderem fogueiras pela tradição cultural, mas é importante fazerem de forma segura para que o fogo não se alastre, principalmente, na região próxima ao aeroporto. A corrente de fumaça reduz a visibilidade dos pilotos e dificulta as operações. A prática proibida de soltar balões também pode gerar sérios danos de choque contra as aeronaves e incêndios. Por isso, é importante a conscientização de todos para garantirmos a segurança das operações aeroportuárias. O São João é tempo de alegria e curtir de forma segura é o melhor para todos”, reforça Ingrid Mimoso, gerente do Aeroporto.

É importante ressaltar também que, de acordo com o Artigo 42 da Lei de Crimes Ambientais (Lei Nº 9.605), fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios, tanto florestais quanto urbanos, tem pena de um a três anos de prisão ou multa. Já, conforme o Código Penal, Art. 261, praticar qualquer ato que possa impedir ou dificultar a navegação aérea ou expor a perigo aeronaves são crimes, com pena de dois a cinco anos de prisão.

Comente